Poderá também gostar:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 10 de março de 2011

Satanismo: Conversa de fanático religioso ou cruel realidade?

BBC

Quatro britânicos, supostamente integrantes de um culto satânico, foram nesta quarta-feira considerados culpados de mais de 40 crimes sexuais contra jovens, incluindo menores de idade.

Colin Batley, (foto) de 48 anos, tido como o líder do grupo, foi considerado culpado de 35 dos crimes, incluindo estupros. Sua esposa, Elaine, e outras duas mulheres também foram condenadas.

Durante as cinco semanas de julgamento na cidade de Swansea (sul da Grã-Bretanha), muitas testemunhas, atualmente adultos, deram detalhes dos abusos que sofreram, ocorridos quando ainda eram crianças e adolescentes.

Os crimes sexuais teriam ocorrido ao longo de décadas na cidade de Kidwelly, perto de Swansea, e eram muitas vezes relacionados com aparentes rituais.

A Justiça deve anunciar as sentenças dos condenados na próxima sexta-feira.

Crowley

No julgamento, Batley e as outras acusadas afirmaram que o culto satânico nunca existiu, mas o júri não acreditou nesta versão.

Uma das vítimas afirmou aos jurados que, ao engravidar quando adolescente, ouviu de Batley que sua criança seria fruto do oculto e ameaçou matá-la se ela revelasse o que sabia sobre o grupo, de acordo com a imprensa local.

Batley foi detido em sua casa na cidade de Kidwelly, local onde ocorriam os supostos rituais, no ano passado. No local, a polícia encontrou material satânico e sobre deidades egípcias.

O júri do caso ouviu que o líder criava comercialmente cães da raça rottweiler e mantinha dois animais para segurança própria. Ele mantinha ainda gatos batizados com nomes relacionados com o ocultismo.

Muitas das vítimas disseram que eram obrigadas a usar crucifixos de cabeça para baixo e ter em suas casas uma cópia do Livro da Lei(Book of Law, em inglês), obra do famoso ocultista e satanista inglês Aleister Crowley, escrita no Cairo no começo do século 20.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto e nem responderás só com links.
6. Escreverás "Deus" e não "deus", "Bíblia" e não "bíblia", "Jesus" e não "jesus".
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.